terça-feira, 27 de agosto de 2013

São os passos que fazem o Caminho


Acho que é hora de tirar alguns livros do armário não é?!
Lembrar de história lidas, na verdade vividas..

Estou escutando uma banda que uma amiga me apresentou, e consequentemente acabei lembrando dela.
Acompanho as suas idéias, e muito as aprecio e as respeito..

É bom ver a evolução das pessoas, o seu amadurecimento!

Você me ensinou tantas coisas, sua forma de ver a vida, me mostrou que  ás vezes temos que olhar a vida por outros ângulos.

Eu adoro ler as coisas que você escreve, pois sua ideologia de vida pode não ser a mais certa, mas é uma das mais interessantes..

Acompanhar sua vida, é como ler um livro. Um bom livro, no qual acontece tudo o que se pode imaginar, coisas ruins, coisas boas.. Mas independente do que aconteça, você se levanta e continua seguindo em frente, sempre com um sorriso estampado na tua boca, e nos teus olhos.

Eu já te disse isso? 
Algumas pessoas tem o dom de sorrir, de estampar um enorme sorriso pela boca, mas você..
[aaah] você tem o sorriso estampado na boca, e nos olhos..

Gosto de aprender com você, e o engraçado?

Estou escrevendo este post, ouvindo AGRIDOCE, uma banda que você me apresentou e me ensinou a gostar!


Sabe aquela coisa de ler um livro? 

Ao lermos um livro aprendemos muitas coisas, coisas que acabamos trazendo pra vida pessoal, é como ter uma experiência sem vive-las..

Sua história, é daquelas que inspiram as pessoas, suas fases, suas experiências, sua originalidade com todo e qualquer gesto que seja.. Isso é algo seu, é algo marcante..


E porque não? Porque não mudar a vida e quebrar qualquer que seja a rotina ?

Porque não esquecer por um instante as pessoas mais presentes, e me lembrar daquela não tão presente, mas tão importante como qualquer outra pessoa?
Porque não largar tudo por um momento e deixar sua mente livre para poder se lembrar de todos os amigos, de todos os momentos, de todas as histórias?
Por que não deixar aquele sorriso bobo dançar na sua face, ao se lembrar das coisas que fez, ou de coisas que não fez com quem quer que seja?

- Eu me lembro, de uma única vez, ter sentado ao teu lado, e não ter dito nenhuma palavra, apenas sentamos, e ficamos ali paradas olhando a rua, e hoje eu tenho a sensação de que aquele dia foi tão significativo, que nem mil palavras poderiam descrever..


Você percebe que pode fazer qualquer coisa com um amigo, ou nada, e terem bons momentos juntos..


Uma coisa que eu aprendi com você foi, que temos que sorrir, seja qual for a situação,  temos que sorrir mesmo que nosso coração esteja quebrado em milhões de pedaço, ou que seu espirito não esteja em condições de sorrir..


Quantas vezes você esteva tão triste, mas me recebia com um grande sorriso?

Quantas vezes você no meio de uma conversa séria, mudava todo o clima com uma brincadeira, que mesmo fora de hora, fazia todo o sentido?

Temos que levar a vida a sério, mas vale a pena ser tão serio mesmo?

Será que a vida é tão corrida, que não da tempo de parar pra conversar com aquele amigo que você não vê a anos?
Será que vale tanto a pena viver correndo , em busca de nossos sonhos, se não pararmos ao menos as vezes para viver, e viver sem pensar no que nos aguarda daqui alguns minutos?
Afinal, do que nós lembraremos amanhã, de quais momentos teremos saudades se não os vivemos; se por correr tanto, por querer tanto crescer, esquecemos de viver? 

Será que somos capazes de presta atenção no que realmente acontece  a nossa volta?

Presta atenção de verdade?
Conseguir perceber que a vida é uma só, e que aquele momento não voltará nunca mais, e que um minuto já se passou e que ele não volta, e que daqui a pouco já é passado e ELE NÃO VAI VOLTA?

Porque não presta mais atenção no que a pessoa a sua frente realmente está dizendo?

Porque não se importar de verdade com aquele momento, e parar de pensar no momento que acabou de passar ou no que ainda está por vir?

As pessoas de hoje, na verdade precisam ser salvas.

Precisam serem salvas delas mesmo.
Salvas desse alguém que nós tornamos ao longo dos anos, não que amadurecer seja ruim, não é isso, mas quem somos nós depois de um certo tempo?
Porque estamos tão concentrados em nós mesmo, que esquecemos o quanto somos dependentes de outras pessoas, de momentos construídos com outras pessoas.
Do sorrisos que as outras pessoas conseguem tirar de nós ou dos que as mesmas estampam em seus rostos ao nos verem.
Do abraço apertados que recebemos,aquele abraço que conseguem nos transmitir segurança nos piores momentos e que nos diz que esta tudo bem; ou mesmo aquele abraço carinhoso que transforma o teu dia.


Uma coisa que você disse certa vez :

"Ouça, mas ouça ouvindo. Coma, mas coma comendo. Sorria, mas sorria sorrindo. Converse, conversando. Abrace, mas abrace abraçando.

Faça o que quer que seja, mas faça sem pensar em mais nada além da ação que está realizando. Abraçamos? Sim. Mas pensando no que vamos fazer na janta. Conversamos? Sim. Mas lembrando da conversa que tivemos com nosso chefe na reunião da manhã.
Diante disso, o que adianta um abraço, uma conversa sem sentimento, automatizada?
No momento em que fizermos isso, nossas lembranças do passado começaram a ficar arquivadas dentro do coração e não jogadas e entulhadas em nossa mente."


Gosto de aprender com você...

Então por que não parar com os meios?
Sem mais meio abraço, sem meio sorriso, sem meia atenção..
Então porque não viver, e viver corretamente, pra ser feliz por inteiro?


Porque não parar tudo na sua tarde,  e ir a padaria comprar um bolinho Ana Maria, e uma vela e ir levar a uma amiga que está fazendo aniversário?
E se por um acaso ela não estiver lá, senta na causada e coma o bolo dela..
O que mais valeu foi a intenção..


Pare, respire, e viva, mas viva de verdade..

E se um dia, por algum motivo você acabar se lembrando de um amigo, como eu me lembrei dela, deixe a memória e os pensamentos fluírem, eu te garanto, que assim como eu, você terá um sorriso estampado no rosto ao se lembrar de certas coisas. e vai sentir no peito, aquele sentimento, que só determinado amigo pode trazer...
E hoje o que eu sinto ao falar de você é um carinho enorme e uma  paz,indescritível.



Partilhar

7 comentários:

Claudio Chamun disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Claudio Chamun disse...

Olá Bruh

Obrigado pela visita no Histórias, estórias e outras polêmicas.
O teu blogue também é muito bom.
Virei aqui mais vezes.

Beijos

www.cchamun.blogspot.com.br

eder ribeiro disse...

São sentimentos vividos por todos nós em algum momento de nossa vida. Bjos.

Mari B. disse...

Gostei bastante do trecho:
"As pessoas de hoje, na verdade precisam ser salvas.
Precisam serem salvas delas mesmo.
Salvas desse alguém que nós tornamos ao longo dos anos, não que amadurecer seja ruim, não é isso, mas quem somos nós depois de um certo tempo?"

O processo de amadurecimento tem de ser feito de forma que não esqueçamos quem somos, nossa essência.
Adorei as divagações neste texto.
Obrigada, também, pela visita ao meu espacinho!
Abraços.

www.devaneiosedesvarios.com

Beto Ribeiro disse...

Olá Bruh Brito, boa noite!!

Muito show o seu blog, gostei!!
E muito obrigado pela visita ao Ermitão.

Beijo grande!! Fique bem querida!

Ana Flávia Nascimento disse...

Nem preciso agradecer né?

Mario Quintana que tinha razão... os passo fazem o caminho. :)

http://anafnasc.blogspot.com.br/

Emilie S. disse...

a gente sempre aprende com quem nos rodeia. amigos são os melhores nesse quesito
{Emilie Escreve}